A marcenaria quiari está baseada no reaproveitamento de material e na manufatura, envolvendo um processo que resulta em peças duráveis, exclusivas e sustentáveis.

Todo o material utilizado é de reuso. Madeiras maciças de qualidade, como cedro, imbuia, peroba e ipê, provenientes de telhados, pisos, armários, rodapés, batentes, portas etc., são selecionadas e coletadas em demolições e reformas. Estocado e beneficiado, esse material permanece como um repertório disponível para a fabricação de peças para interiores, móveis e objetos.

Marcelo Zocchio, artista, engenheiro civil e marceneiro autodidata, é o responsável pelo trabalho da marcenaria quiari. Assim, as peças são executadas como construção mas também como escultura. Os projetos feitos sob encomenda são detalhados a fim de conciliar economia de material, proporção e funcionalidade. Em outros casos, toma-se a liberdade de construir sem plano prévio, adotando um processo intuitivo que busca a parceria da construção com o reaproveitamento.

Para além da reciclagem e da ideia surrada de sustentabilidade, a marcenaria quiari abraça o conceito do somente o necessário, que tem como princípio a economia de material: cada peça, móvel ou objeto é fabricado de forma a gerar a menor quantidade de sobra possível, e a aproveitar ao máximo a disponibilidade da matéria prima. Mas a frase também define algo maior: um estilo de vida que demanda menos recursos naturais para se manter. A ideia de consumir, possuir e desejar somente o necessário.

Na elaboração dos projetos, somente o necessário é sempre a resposta para a frequente pergunta “Esta peça precisa realmente disso para sua estrutura e função?”. Assim, funciona como guia nos processos projetuais, estéticos e de fabricação da marcenaria quiari.

marcenaria quiari       quiari@comum.com      11.99104.3944       Rua Quiari 32 casa2  Vila Leopoldina  São Paulo  SP  Brasil